images

Qual a diferença entre piso vinílico e laminado?

Postado em: Pisos

O piso é o principal aspecto da reforma, é o revestimento que define tudo que vem depois.
Os pisos vinílicos e laminados são opções práticas, bonitas e com ótima relação entre custo e benefício. A aparência de madeira proporciona conforto e dá a sensação de aconchego.

O piso vinílico oferece boa durabilidade, mesmo tendo espessura menor que os outros. Pode ser feito de plástico reciclado, sendo ecológico. Possui um bom desempenho acústico, abafa ruídos de passos, e também térmico, mantendo a temperatura agradável no ambiente.

Vendido em réguas, placas ou mantas, é muito comum nos EUA e na Europa. Agora está ganhando fama no Brasil. Existem muitas opções de cores, texturas e estampas. A Marrei Decorações trabalha com pisos vinílicos Beaulieu, de alta qualidade.

O piso vinílico Tarkett Textile possui textura aconchegante que simula tecidos. Já o piso vinílico Tarkett Rústico é fiel à madeira rústica e simula o alto relevo, com veios, nós e tonalidades.

O piso vinílico é protegido por uma resina. Por isso, não absorve água, quase não mancha e é muito fácil de limpar. Também não retém poeira, o que o torna antialérgico. Uma ótima opção para quem tem bichinhos e crianças! Outro benefício é que o piso vinílico é antichamas, e por isso, resiste a queimaduras de fósforos e cigarros.

É indicado para áreas internas, que não tenham contato com água, que danificaria a aplicação. Ele é resistente a pingos, mas não deve receber água em excesso. Também deve-se evitar a incidência excessiva de luz solar, que causa desbotamento.

Cai muito bem para quartos, escritórios, bibliotecas... Cuidado com objetos pontiagudos, que possam cortá-lo. O piso vinílico não é resistente a riscos, então evite arrastar móveis sobre sua superfície.

Já o piso laminado é o que mais se aproxima da madeira, com custo menor e maior durabilidade. É vendido em lâminas, de diversas larguras e comprimentos, em aglomerados de madeira ou painéis de fibras de alta densidade (HDF). A maioria dos fabricantes já adotou o uso de madeira de reflorestamento, certificada.

Os pisos laminados possuem boa resistência, inclusive a riscos e abrasão. Para obter esse efeito, é necessário usar feltro nos pés dos móveis ou rodízios de polietileno. Alguns apresentam proteção contra cupim. Podem durar até 15 anos! São recomendados para ambientes internos, que tenham mais sofisticação, como quartos, salas e escritórios.

Não são indicados para corredores, pois propagam sons com facilidade. Também não se em ambientes com animais de estimação, porque é escorregadio demais para eles. Se houver derramamento de líquido sobre o piso laminado, a ordem é secar imediatamente.

São encontrados em diversas tonalidades e tipos de simulação de madeira. Na Marrei Decorações, você encontra o piso laminado Eucafloor Evidence . Disponível em 5 tons, sua instalação é por clique, rápida e limpa. Proporciona conforto térmico e vem com proteção antibacteriana

Resumindo: os pisos vinílicos e laminados são bonitos e duráveis. Nenhum deles pode ser coberto por água. O piso vinílico desbota com a incidência de luz solar. Não é resistente a riscos e abrasão, devendo-se evitar o arrastar de móveis e objetos pontiagudos. É antialérgico, antimanchas e resiste a queimaduras. Ideal para ambientes com crianças e animais de estimação.

Já o piso laminado é mais sofisticado, utilizado em áreas internas que requeiram mais requinte, como salas e escritórios. É escorregadio para bichinhos, idosos e crianças pequenas. Também precisa ser avaliado em cômodos de apartamentos com muita circulação, pois propaga som facilmente. Embora possa receber uma manta acústica na instalação, o efeito antirruídos não é total.
images

Designer

Comentários

Deixe seu comentário